Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

lua e viola

lua e viola

15
Mai18

Luís Antonio Cajazeiras Ramos

lua e viola

47.jpg

Eu agora só faço o que for fácil.
Dificuldade é tudo – o que não quero.
Que tudo é mais que tudo lero-lero.
Enchi o saco, Conselheiro Acácio.

Pois a vida é tão simples, tola, breve.
Nada chega senão num piscar d’olhos.
Vou levar-me até onde o vento leve.
Bem além do Arquipélago de Abrolhos.

Sem limites, vou longe… Mas que droga!
Longe é profundo. E tão desconhecido.
E metafísico, amplo mar que afoga.

Eu quero o raso, a vida pouca e lerda.
Desaprender o dito, o ouvido, o lido.
Só processar comida e fazer merda.



©Luís Antonio Cajazeira Ramos), A ver Baleias
Imagem: Sombra e água fresca de Antonio C P Melo
http://www.flickr.com/photos/antoniocpmelo/4736396259/

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D